meu carrinho 0 itens

Glossário - Tipografia

Tipografia

O que vem a sua cabeça quando falamos de tipografia? Tipos são letras usadas antigamente em impressoras de tipos móveis, nas quais as letras eram organizadas até formarem palavras e frases.

A variação nos formatos e em como elas eram impressas fez com que surgissem os mais variados formatos de letras.

As letras, os tipos ou fontes podem ser classificados em sem e ou serifa, ou seja, serif e sans-serif. Serifa é o traço que forma o prolongamento da letra, como na Times New Roman, que possui esse traço, prolongando a letra e fazendo parecer que a palavra é continuada, ligando uma letra à outra.

Existem cinco tipos de serifa: a linear, mais fina; a curvada, que apresenta uma pequena curvatura antes das extremidades; a quadrada, mais grossa; a slab, que é quase um meio termo entre a quadrada e a curvada; e finalmente a triangular, que tem a forma de um triângulo na base anterior às extremidades.

Usando as fontes serif e sans-serif

As fontes não serifadas são mais utilizadas em títulos, blocos e pequenos textos, assim como cabeçalhos. Já as fontes serifadas são utilizadas no corpo do texto. Por quê? Porque o objetivo das fontes serifadas é proporcionar uma continuidade na leitura do texto, para que seja mais fácil para os olhos passar de uma letra a outra, e de uma palavra a outra.

Mas essa prática só é aplicada quando o texto for impresso, a leitura direta em telas de smartphones, tables e computadores é um pouco diferente. O principal motivo dessa diferença é a resolução, ou seja, a variação da quantidade de pixels, que limitaria a forma mínima de fontes serifadas. No texto do papel é diferente, essas formas podem até ser mínimas, mas possibilitam um maior conforto na hora de ler textos em aparelhos com telas menores. Podemos citar alguns exemplos de estilos de fontes.

Old Style


O que as caracteriza é a tensão diagonal, ou seja, a presença de traços mais finos apenas nos ângulos de cada letra.

Transição

As fontes transitórias estão entre as fontes antigas e a de estilo moderno. Entre as mais conhecidas podemos citar a Baskerville e a Times New Roman, que apresentam diferenças mais marcantes entre os traços finos e os mais grossos.

 Moderna
Caracterizada pelo contraste intenso entre traços finos e grossos, apresentando uma tensão vertical. Ou seja, com linhas verticais mais grossas e serifas muito finas.

 Slab ou Laje serif
Essas não possuem contrastes entre as linhas, sendo mais espessas e marcantes. Como exemplo temos as fontes Claredon e Courier.

Outros Tópicos com a Letra T.